Contos de Minas chords & lyrics - Mochileiros de Jah

You play the

We are working hard to improve our content offering for your instrument.

You can still access it, but it will not be optimised or supported in our premium offering.

You now have access to over 400,000 sheets, tabs and chords!
Discover our Premium offer below:
Free
0.00€/month
  • 400k+ chords and lyrics
  • Video tutorials
  • Create playlists with your favourite songs
  • 200k+ sheet music
  • Zero ads
  • Offline sync for iOS users
Premium
9.99€/month
  • 400k+ chords and lyrics
  • Video tutorials
  • Create playlists with your favourite songs
  • 200k+ sheet music
  • Zero ads
  • Offline sync for iOS users
Contos de Minas by Mochileiros de Jah

Play to learn

Contos de MinasMochileiros de Jah

0
0
Tracks
is available only in app!
Tempo
is available only in app!
Transpose
-11 11
Loop
is available only in app!
Scroll Speed
slow fast
Geremia Levy's avatar
Created by
Geremia

Guitar Chords

    Most Popular Scores

    NirvanaSmells Like Teen Spirit ParamoreThe Only Exception The White StripesSeven Nation Army The CranberriesZombie HozierTake Me To Church PassengerLet Her Go
    Solo Intro 2x: A7M D7M
    Am7Dm7
    Ôh, marinheiro "vê" se me da boia 
    Am7Dm7Am7
    que eu quero nadar, nem seu coração pode me conquistar 
    Dm7Am7Dm7
    vindo lá do norte da montanha azul, não me leve não pro sul 
    Am7
    , ôh marinheiro. 
    Dm7Am7Dm7Am7
    Feito passarinho eu quero voar, nem sua história me tira daqui 
    Dm7Am7Dm7
    eu quero mais suas manhãs de onde vim, deixa eu ver o sol nascer, minas gerais! 
    Am7Dm7
    Eu quero suas montanhas que delícia, vou conquistar seu ramo aqui eu nasci 
    Am7Dm7Am7
    eu quero mais suas manhãs de onde vim, deixa eu ver o sol nascer, Minas Gerais... 
    Refrão 2x:
    Am7Dm7
    Pro lado de Oliveira a grandes cafezais 
    Am7Dm7
    na região do sul de Minas riquezas naturais 
    Am7Dm7
    não nos invejamos, porque herdamos do nordeste 
    Am7Dm7
    uma Caatinga, perto de Resende Costa; 
    Am7Dm7
    Cortando Uberaba um mangues se vê 
    Am7Dm7
    raízes e arvores respiratória 
    Am7Dm7
    que corta por Reestinga Aroeira de Praia 
    Am7Dm7
    essa salinidade é a minha vitória, deixa eu ver o sol nascer 
    Am7Dm7
    Minas Gerais! 
    Am7Dm7
    Eu vejo um povo solto lá , na praça sete 
    Am7Dm7
    vendendo pulseirinha com olhar alegre 
    Am7Dm7
    esperando a humanidade para apreciar 
    Am7Dm7
    sua dignidade para repassar 
    Am7Dm7
    , deixa eu ver o sol nascer Minas Gerais. 
    Am7Dm7
    O café ta fortinho, e o pão de queijo ta gordinho 
    Am7Dm7
    em Mariana, Ouro Preto , Diamantina em Congonhas são João Dell Rei, Minas Gerais.