Amália Rodrigues

Amália da Piedade Rebordão Rodrigues (1920–1999) was a Portuguese singer and actress. Born in Lisbon, Portugal, official documents have her date of birth as the 23rd July, but Rodrigues always said her birthday was the 1st July 1920. She was born in the rua Martim Vaz (Martim Vaz Street), freguesia of Pena, Lisbon. Her father was a trumpet player and cobbler from Fundão who returned there when Amália was just over a year old, leaving her to Read more on Last.fm
Amalia. Królowa Fado
Quando eu era pequenina
Sabe-se la
Abertura
Fado do ciume
Foi deus
Amália
Lisboa nao sejas francesa
Barco negro
En aranjuez con tu amor
Yoshabel (orquestral)
Estranha forma de vida
Povo que lavas no rio
Amalia e alain
Abandono
Medo
The Nearness of You
Vou dar de beber a dor
Cheira bem cheira a lisboa
Final (orquestral)
Com que voz
Fados Clássicos, Volume II
Nem As Paredes Confesso
Fado Portugues
Ai Mouaria
Vou dar de beber a dor
Gaivora
Povo Que Lavas No Rio
Estrahana Fomra De Vida
Ha Festa Na Mouraria
Uma Casa Portuguesa
Lisboa Antiga
Coimbra
Havemos de ir a Viana
Foi Deus
Semplicemente il meglio
Amor dammi quel fazzolettino
Sora menica
Tarantella
Ciuri ciuri
La bella gigogin
Sant' Antonio allu desertu
Maremma
Vitti' na crozza
Coimbra (Italian version)
La casa in via del Campo
Ay che negra (Barco negro)
La tramontana
Canzone per te
Segredo
Medo
Primavera
As mãos que trago
Longe daqui
Minha boca não se atreve
Amor sem casa
Verde pino, verde mastro
Não é desgraça ser pobre
É da torre mais alta
Abril
Procura
Cansaço
Uma casa portuguesa /Ay, mourir pour toi / Fado Xuxu
Uma casa portuguesa
Lisboa não sejas francesa
Fado da saudade
Coimbra
Lé ré lé
No me tires indiré
Doce cascabeles
Tani
Paris s'éveille la nuit
La femme du berger
Fado Xuxu
Menina Lisboa
Ay, mourir pour toi
Dura memória
Lago
Abandono
Guitarra triste
Calunga
Estranha forma de vida
Uma casa portuguesa
Amália Rodrigues
Fado marujo (Marujo português)
Conta errada
Sem razão
Céu da minha rua
Anjo inútil
O namorico da Rita
Ai Mouraria
Esquina do pecado
Triste sina
As rosas do meu caminho
Cansaço
Raízes
A chave da minha porta
Confesso
Cabeça de vento
Fado alfacinha
Não sei porque te foste embora
Fadista louco
Fado meu
Bailaricos
Tentação
Campinos do Ribatejo
Sabe-se lá
Aquela rua
Disse mal de ti
A minha canção é saudade
Fado lisboeta
Que Deus me perdoe
Fado Malhoa
Avé-Maria fadista
Fado das tamanquinhas
Fria claridade
Lá porque tens cinco pedras
Jób
Quando os outros te batem, beijo-te eu
Fado do ciúme
Fado Amália
Fado da adiça
Fado final
Tudo Esto É Fado
Tudo esto e Fado
Eu disse adeus a Casinha
Marcha da mouraria
Ai Lisboa
Eu queria cantar-te un fado
Nao digas mal dele
Fado hilario
Ha festa na mouraria
Maria da cruz
Confesso
Foi Deus
Vamos os dois para a farra
Nao e desgraça ser pobre
Fado nao sei quem es
Maldiçao
Fado eugenia camara
Los aceituneros
Fado alfacinha
A minha cançao e saudade
Fado da saudade
Coimbra
Coimbra
Uma casa portuguesa
Triste sina
Céu da minha rua
Lisboa antiga
Barco negro
Fado dos fados
O namorico da Rita
Fadista louco
As rosas do meu caminho
Fado da adiça
Conta errada
Fado marujo
Quando os outros te batem, beijo-te eu
Fado das tamanquinhas
Raízes
Fado alfacinha
Fado final
Lágrima
Lágrima
Flor de lua
Aí minha doce loucura
Aí Maria
O fado chora-se bem
Olha a ribeirinha
Morrinha
Aí as gentes, aí a vida
Amor de mel, amor de fel
Sou filha das ervas
Asa de vento
Grito
Cantigas numa Língua Antiga
Alfama
Rosa Vermelha
Meu Amigo Está Longe
Gondarém
O Meu é Teu
Abril
Meu Amor é Marinheiro
Mal Aventurado
Perdigão
As Facas
A Minha Terra é Viana
A una terra che amo
Amor dammi quel fazzolettino
Sora Menica
Tarantella
Canto delle lavandaie del Vomero
Ciuri ciuri
La bella Gigogin
Sant'Antonio allu desertu
Maremma
Tiramole
Vitti 'na crozza
Folclore À Guitarra E À Viola
Fadinho Da Ti Maria Benta
Abana a Casaca
Malhão De São Simão
Maria Rita, Cara Bonita
Rosinha Da Serra D'Arga
Malmequer Pequenino
Cana Verde Do Mar
Bailarico Saloio
Valentim
O Pézinho
Malhão De Cinfães
Tirana
Oiça Lá ó Senhor Vinho
Oiça Lá ó Senhor Vinho
As Meninas da Terceira
As Moças da Soalheira
Vai de Roda Agora
O Cochicho
Padre Zé
Não é Desgraça Ser Pobre
Covilhã, Cidade Neve
É ou Não É
Ao Poeta Perguntei
Ó Careca
Lá na Minha Aldeia
Ó Careca
Ó Careca
As Meninas da Terceira
O Cochicho
As Moças da Soalheira
Amália/Vinicius
Retrato de Amalia
Defesa do Poeta
Havemos de Ir a Viana
Monologo de Orfeu
Poema dos Olhos da Amada
Abandono
Formosinha de Elvas
O Objecto
O Dia da Criação
Fado para a Lua de Lisboa
Gaivota
Balada do Mangue
Saudades do Brasil em Portugal
Saudades do Brasil em Portugal
Para Quê Chorar?
O Retrato do Poeta
Fado Português
Autogénese
Mensagem
Com Que Voz
Naufrágio
Maria Lisboa
Trova do Vento Que Passa
Com Que Voz
Cravos de Papel
As Mãos Que Trago
Gaivota
Cuidei Que Tinhas Morrido
Formiga Bossa Nova
Meu Amor, Meu Amor
Madrugada de Alfama
Vou Dar De Beber À Dor
Vou Dar De Beber à Dor
Fadinho Serrano
Meia-Noite e Uma Guitarra
Disse-te Adeus e Morri
Vou Dar de beber à Dor
Vou Dar de Beber à Dor
Disse-Te Adeus e Morri
Antigamente
Canzone per Te
Fado Nocturno
Barro Divino
Ai Esta Pena de Mim
Lá, Lá, Lá
Meia Noite e Uma Guitarra
Timpanas
Não Peças Demais à Vida
A Júlia Florista
A Júlia Florista
Rua Sombria
Tudo Isto é Fado
Carmencita
Fados 67
Maldição
Pedro Gaiteiro
Primavera
Não é Tarde
Fria Claridade
A Júlia Florista
Meu Nome Sabe-me a Areia
Um Fado Nasce
Olhos Fechados
Carmencita
Fado das Tamanquinhas
Há Festa na Mouraria
Fado do Ciúme
Fado do Ciúme
Não Sei Porque Te Foste Embora
Só à Noitinha
Maria da Cruz
Ai Mouraria
Ai Mouraria
Fado da Bica
Cansaço
Amália Canta Luís de Camões
Lianor
Dura Memória
Erros Meus
Fado Português
Fado Português
Cantiga de Amigo
Si Si Si
Erros Meus
Nome de Rua
Na Esquina de Ver o Mar
Gaviota
Verde, Verde
Paresito Faraon
Sombra
Fado Corrido
Ai Mouraria
Madrugada de Alfama
Madrugada de Alfama
Aves Agoirentas
Eu Queria Cantar-te um Fado
Amália Rodrigues
Asas Fechadas
Cais de Outrora
Estranha Forma de Vida
Maria Lisboa
Madrugada de Alfama
Abandono
Aves Agoirentas
Povo Que Lavas No Rio
Vagamundo
Les Amants Du Tage
Barco Negro (Mãe Preta)
Solidao (Cançao Do Mar)
Fallaste Corazón (Ranchera)
Lisboa Nao Sejas Francesa
The Abbey Road Recordings
Foi Deus
Há Festa Na Mouraria
Nâo é Desgraça Ser Pobre
Malmequer Pequenino
Noite de Santo António
La Salsamora
Grão de Arroz
Ai Ai Ai, Meu Irmão
Lerele
Fado Eugénia Cãmara
Vingança
Mi Sardinita
Salvadora
Fado Hilário
Novo Fado da Severa (Rua do Capelao)
Não Digas Mal Dele
Os Teus Olhos São Dois Círios
Faz Hoje Um Ano
Tudo Isto é Fado
Others
Medo
Fadinho da Ti Maria Benta
Uma Casa Portuguesa